Selo garante o bem-estar dos animais de produção

Selo garante o bem-estar dos animais de produção

Os produtos brasileiros de origem animal agora podem contar com o selo Certified Humane Brasil, que certifica o bem-estar dos animais de produção. O lançamento dessa iniciativa inédita no país foi da Ecocert , certificadora de Santa Catarina especializada em produtos orgânicos, em parceria com a entidade norte-americana Humane Farm Animal Care (HFAC).

A Ecocert, já conhecida no mercado de orgânicos, aposta agora num novo nicho de mercado e esclarece a diferença entre os selos:

– A maior diferença é que a alimentação dos animais do qual derivam os produtos certificados como orgânicos é também orgânica, com uma pequena margem de tolerância. Já para o novo selo não há essa exigência, e a preocupação é voltada para uma alimentação saudável, fornecida de forma adequada, enfim, seguindo os critérios estabelecidos por pesquisadores e cientistas da HFAC, relata João Augusto de Oliveira, diretor da Ecocert.

Certificação

Ainda de acordo com ele, um dos motivos que desencadearam o surgimento do selo é bastante simples: não se consegue um alimento de qualidade proveniente de animais maltratados. Assim, os critérios para a certificação irão considerar aspectos como alimentação, peso, alojamentos apropriados, instalações, abrigos, cercas, bebedouros e comedouros em número suficiente para a quantidade de animais, levando-se em conta condições sanitárias, manejo, treinamento dos tratadores, transporte adequado e abate.

Os padrões disponíveis atualmente para a certificação são: gado de corte (carne), gado leiteiro (leite), galinhas poedeiras (ovos), frangos, peruas, ovelhas e suínos mas a idéia é que, no futuro, outros produtos também possam ser certificados, como itens de vestuário e até da indústria farmacêutica. Seguindo uma tendência já presente em outros países, a perspectiva de aceitação do selo parece positiva mas também depende da conscientização dos consumidores.

– Já temos três empresas interessadas que estão fazendo pesquisas de mercado para analisar a viabilização no Brasil. Em outros países até os restaurantes são certificados e, na exportação de carne, já é um quesito importantíssimo – relata João Oliveira.

Boa Notícia

Uma boa notícia é que os produtos contendo o selo não deverão ter seus preços aumentados, pois o sistema não implica grandes mudanças, mas um cuidado maior com a produção. Ainda não há uma previsão de chegada dos primeiros produtos certificados às prateleiras.

A criação do selo veio para consolidar uma tendência de consumo responsável em expansão no mundo, e o objetivo, além de definir um nicho de mercado, é multiplicar sua repercussão atingindo o maior número de produtores possível e garantindo um grande avanço para a promoção do bem-estar voltado para os animais de produção.

blog comments powered by Disqus

UN FSRB

World Animal Protection – Brasil
Av. Paulista 453, conj. 32-34 CEP: 01311-000, São Paulo (SP) - Brasil
Telefone: +55 (11) 2344-3777. Email: info@worldanimalprotection.org.br