A campanha “Mude a vida dos porcos” está movendo as pessoas para melhorar as condições em que vivem 42 milhões de animais no Brasil.

Apesar do grande número de porcos criados no país, aqui ainda são permitas práticas já banidas na União Europeia, Nova Zelândia, África do Sul e em nove estados dos EUA. A gestação em gaiolas é uma delas. Esse método ultrapassado submete fêmeas a uma vida de sofrimento.

Peça ao governo para banir práticas cruéis como essa, criando uma legislação de bem-estar animal atualizada e específica. Juntos, podemos promover uma mudança em larga escala para os porcos no Brasil. Faça sua parte!

Mude a vida dos porcos: assine agora nossa petição!

Peça ao Ministério da Agricultura que crie uma legislação para acabar com práticas ultrapassadas e cruéis na criação de porcos – como a castração sem anestesia, o corte de orelhas e a gestação em gaiolas.

Três porcos, três realidades diferentes

A criação intensiva de porcos no Brasil envolve desde a gestação em gaiolas apertadas até os galpões lotados de leitões.

Amontoados e sem poder expressar o seu comportamento natural, esses animais vivenciam diversos problemas de bem-estar – brigas, estresse, mutilações, doenças, ferimentos graves, desconforto e problemas locomotores.

Descubra como realmente vivem os porcos no Brasil e por que você deve apoiar a campanha.

Compartilhe