Controle da população de cães de rua

Alternativas humanitárias ao sacrifício de cães não apenas existem como são mais eficazes no controle das populações caninas

Três décadas de experiência

Há 30 anos vimos alertando governantes sobre a importância do controle humanitário das populações de cães de rua. Embora saibamos que estas populações possam oferecer riscos – doenças, comportamentos agressivos, danos para atividades pecuárias etc -, também temos ciência de que o sacrifício nunca é a melhor solução. Na verdade, o raciocínio equivocado de que a matança é a forma mais eficaz para a redução das populações de cães tem sido o maior causador do sofrimento destes animais.

Nossa solução

Nós seguimos a metodologia do ICAM (Guia para o Controle Humanitário das Populações de Cães, na sigla em inglês) para o gerenciamento de populações caninas. É um ciclo completo de ações do qual nos utilizamos para ajudar governos locais a controlar suas populações de cães de maneira humanitária. As soluções conjuntas que buscamos podem envolver campanhas de esclarecimento para proprietários de animais, leis específicas, programas de vacinação e esterilização, além do registro e da realocação de cães, podendo também ser uma combinação de todos estes esforços. Ajudamos governos no monitoramento e na avaliação destes esforços, assegurando assim uma mudança de mentalidade que possa ser duradoura.

Compartilhe

Guarda responsável

Além de aplicar as diretrizes do ICAM (Guia para o Controle Humanitário das Populações de Cães, na sigla em inglês), nós promovemos campanhas voltadas à guarda responsável dos cães em todo o mundo, evitando assim abusos, maus tratos e o abandono destes animais. Almejamos, com isto, um efeito dominó. Ao atuarmos em países onde o sacrifício de animais ainda é uma triste realidade, reduzimos conflitos entre pessoas e cães através de políticas mais eficientes para o controle de populações de cães e por meio de treinamentos direcionados a seus proprietários.

Copy
Copy
Copy