210 ursos são microchipados para acabar com indústria cruel no Vietnã

31 de agosto de 2017

Estamos perto de pôr um fim à indústria da bile de urso no país – a bile é extraída dolorosamente dos animais e usada na medicina tradicional

A Proteção Animal Mundial ajudou a microchipar 210 ursos na província de Hanoi, no Vietnã. O local concentra dezenas de fazendas, onde os animais são mantidos em jaulas para extração de bile. Nossa ação foi realizada em parceria com o Departamento de Proteção Florestal de Hanoi.

4.300 ursos em 12 anos

Em 2005, junto ao Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Vietnã (MARD) e nossos parceiros locais da Education for Nature Vietnam (ENV), começamos a colocar microchips em mais de 4.300 ursos presos em centenas de fazendas por todo país. Usamos a melhor tecnologia disponível na época.

Esse foi o primeiro passo da nossa estratégia para acabar com a extração de bile no Vietnã e evitar que novos ursos fossem adquiridos pelas fazendas. Agora, estamos usando uma nova tecnologia que irá facilitar o monitoramento desses animais – os microchips mais modernos podem ser lidos sem que ursos precisem ser anestesiados. 

Depois dos últimos 210 ursos, agora todos os animais presos em fazendas de bile na província estão oficialmente microchipados. Apenas dois ursos não puderam passar pelo procedimento, devido a problemas de saúde, mas esperamos conseguir microchipá-los em breve.

Essa é uma vitória enorme. O monitoramento e o registro obrigatório irão impedir que novos ursos sejam adquiridos pelas fazendas de Hanoi, um dos maiores mercados de bile do mundo. Os microchips também ajudam a coibir atividades ilegais e significam que a indústria de bile irá acabar em um futuro não tão distante: não serão capturados novos ursos.

Se um urso for encontrado sem microchip ou registro, o animal será confiscado da fazenda e levado para um centro de resgate ou santuário.

Queda drástica na exploração de ursos

O número de ursos mantidos em cativeiro nas fazendas do Vietnã diminuiu de 4.300, em 2005, para menos de 1.300, em 2015 – segundo dados do Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Isso se deve a leis que dificultam a captura de ursos na natureza, o aumento na fiscalização nas fazendas e as campanhas de conscientização da Proteção Animal Mundial e de outras organizações.

O Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Vietnã se comprometeu publicamente a nos ajudar a acabar com as fazendas de bile de urso.

“Essa indústria está chegando ao fim”, garante Bùi Thị Hà, diretora de campanhas legislativas da ENV. “Vamos continuar trabalhando duro para acabar com a extração de bile de urso, unindo esforços com o governo, as autoridades de fiscalização local e a população para garantir a erradicação dessa atividade cruel”.

Lutando por mais ursos

Essa última ação de microchipagem de 210 ursos, em Hanoi, faz parte de uma nova estratégia desenvolvida por diversas organizações, incluindo a Proteção Animal Mundial, a ENV e Four Paws Vietnam, em parceria com o governo vietnamita.

O objetivo é dar continuidade a esse trabalho em outras províncias do Vietnã que também concentrem uma grande quantidade de fazendas de bile de urso.

Mudando a opinião pública sobre a bile

Felizmente, o uso de bile de urso no Vietnã caiu mais 60% desde 2005, quando começamos nossa campanha. Essa mudança também se deu por conta das novas leis e da redução na quantidade de fazendas de extração de bile.

“Nossos esforços desde 2005 vêm dando cada vez mais resultado, mas essa luta só vai acabar quando cada urso for resgatado das fazendas de bile e transferido com segurança até um centro de resgate (foto abaixo)”, diz Karanvir Kukreja, gerente de campanha da Proteção Animal Mundial.

“Nossos esforços desde 2005 vêm dando cada vez mais resultado, mas essa luta só vai acabar quando cada urso for resgatado das fazendas de bile e transferido com segurança até um centro de resgate”
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp