50 mil pessoas protegendo o boto

29/08/2014

Em apenas três semanas de campanha, atingimos 50 mil assinaturas na petição para proteger o boto cor-de-rosa da Amazônia.

Em apenas três semanas de campanha, atingimos 50 mil assinaturas na petição que pede ao governo colombiano medidas para proteger o boto cor-de-rosa da Amazônia.

Esse rápido crescimento é essencial para a campanha porque deixa claro aos governantes que a população de toda América Latina se preocupa com o boto e quer fazer sua parte para ajudar.

Como você já sabe, esse belo e inteligente cetáceo, endêmico da Amazônia, corre perigo. Segundo pesquisadores, sua população está se reduzindo a um perigoso ritmo de 10% ano. Isso acontece porque sua carne está servindo de isca para pescar o bagre piracatinga, um peixe carniceiro bastante consumido na Colômbia.

Recentemente, o Brasil declarou uma moratória para a pesca e comercialização de piracatinga em todo território nacional. Mas nada garante que esse peixe não continue sendo exportado ilegalmente.

Por isso, pedimos à Colômbia que suspenda o comércio de piracatinga também em seu território. Esta é a medida mais eficaz para parar imediatamente a caça cruel e criminosa de botos.

Agradecemos a todos os que participaram desta campanha, mas ainda há muito pela frente até atingirmos nosso objetivo.

Não vamos desanimar. Se você ainda não assinou a petição, acesse agora: www.euprotejoboto.org.br. Se você já assinou, compartilhe pelo Facebook  e Twitter  com seus amigos e familiares.

Queremos chegar às 100 mil assinaturas e precisamos de sua ajuda. Juntos, movemos o mundo para proteger o boto.