94% dos brasileiros veem seus cães como membros da família

16 de maio de 2019

Pesquisa realizada pela Proteção Animal Mundial comparou como os cães são tratados no Brasil, China, Índia, Quênia e Tailândia

Entre os 5 países, os brasileiros são os que mais têm cachorros em casa. Segundo a nova pesquisa da Proteção Animal Mundial, 77% dos tutores de pets têm cães. E desses, 94% considera os seus animais como parte da família.

Nosso país de destacou em guarda responsável. O Brasil teve alguns dos melhores resultados nos cuidados básicos com seus cães em casa – como garantir comida (99%), água (98%), uma cama (92%) e atendimento veterinário (95%).

Um dado não tão positivo mostra que, apesar de 60% dos brasileiros discordarem do abandono de cães, apenas 24% adotaram animais abandonados nas ruas.

Globalmente, esse dado é ainda mais baixo (17%).

Brasileiros ajudam os animais de rua?

Ao serem questionados, apenas 46% dos entrevistados no país disseram dar amparo a cães abandonados.

A boa notícia é que, entre as pessoas que ajudam, os brasileiros são os que tomam mais ações. Mais do que em outros países. Além de oferecer água e alimentos (98%), somos também os que mais brincam (66%), dão abrigo (46%) e até levam animais que não são seus para o veterinário (33%).

O crescimento das populações de cães na rua preocupa 47% das pessoas no Brasil.

A vida é melhor com cães

A pesquisa marca o lançamento da nossa campanha global A vida é melhor com cães. Com ela, queremos compartilhar histórias de cachorros que salvaram ou mudaram vidas, além de chamar atenção para problemas como o abandono de animais e a falta de cuidados veterinários.

“A campanha é uma grande celebração, queremos provar o papel fundamental dos cachorros em nosso dia a dia. Por meio dela, vamos estimular ações que promovam o bem-estar dos cães e o convívio saudável com as comunidades”, explica Rosângela Ribeiro, nossa gerente de programas veterinários.

Abaixo, veja mais dados da pesquisa no Brasil:

  • Mais de 80% vacina seus animais contra raiva e outras doenças;
  • 70% não vê problemas de cachorros andarem livremente pelas ruas;
  • 59% dos brasileiros com animais em casa têm só 1 cachorro;
  • 41% dos brasileiros com animais em casa têm 2 ou mais cães;
  • 29% acha que os cães podem ser sacrificados quando doentes;
  • 27% deixam camas confortáveis para cães de rua dormirem; 
  • 18% acredita que cachorros devem ser mantidos em coleira;
  • 8% concorda em envenenar cachorros de rua.
Pesquisa faz parte da nossa nova campanha "A vida é melhor com cães"

Compartilhe

WhatsApp