Agência de viagens Bamba Experience irá banir atrações que exploram animais silvestres

27 de julho de 2017

Empresa é a primeira da América Latina a assumir o compromisso da Proteção Animal Mundial e promover o turismo responsável

Sediada na Cidade do México, a Bamba Experience oferece viagens para mais de 70 países em 5 continentes. A empresa anunciou, nesta semana, que não irá mais vender pacotes ou promover atrações, atividades e shows que utilizem elefantes ou outros animais silvestres.

Em vez disso, a Bamba irá oferecer atividades com altos padrões de bem-estar animal, que incentivem a observação responsável de animais silvestres em seu habitat natural.

Esta é a primeira agência de viagens em toda América Latina a assinar o compromisso da Proteção Animal Mundial.

“Como uma empresa de turismo, temos convicção de que os viajantes podem ajudar nessa mudança ao redor do mundo e melhorar a vida dos animais impactados pelo turismo. Eles mesmos podem servir de exemplo para os outros e influenciar as pessoas a participar de atividades com altos padrões de bem-estar animal, a não comprar souvenires feitos com produtos de origem animal e a não tirar selfies com animais silvestres. Ações como essas podem diminuir a demanda por atrações cruéis”, explica Katie Zellhoefer, gerente da iniciativa Bamba For Good.

A empresa já tinha parado de promover passeios de elefantes em 2014, mas decidiu ampliar seus esforços para proteger os demais animais silvestres e criar uma política de bem-estar animal. Para isso, a Bamba procurou a orientação da Proteção Animal Mundial.

Além de reavaliar todos os seus fornecedores, garantindo que atuem de acordo com as especificidades da nova política de bem-estar animal, a agência de viagens também irá conscientizar seus clientes sobre a crueldade que os animais silvestres enfrentam em atrações turísticas.

Saiba mais sobre a política de bem-estar animal da Bamba Experience (em inglês)

“Como a primeira agência na América Latina a assinar nosso compromisso de turismo ético com os animais silvestres, a Bamba está mandando uma forte mensagem para todas as outras empresas da região e mostrando que os animais silvestres não são entretenimento”, parabeniza Roberto Vieto, gerente de Vida Silvestre da Proteção Animal Mundial na América Latina.

Para ele, as agências de viagem têm um papel importante na proteção dos animais silvestres – deixando de promover atividades cruéis, como os passeios de elefante. “Estamos animados em trabalhar com a Bamba, ajudando-os a implementar essa nova política e a conscientizar os turistas sobre a importância de se observar os animais silvestres na natureza, ao invés de vê-los presos em cativeiro”.

Trip Advisor e Expedia

Com o anúncio desta semana, a Bamba Experience se soma a um movimento global por mudanças na indústria de turismo. Mais de 160 agências de viagens já assumiram o compromisso de não promover shows e passeios de elefantes.

Em 2016, a TripAdvisor também deixou de vender ingressos para algumas das atrações mais cruéis do mundo. A decisão veio após uma petição da Proteção Animal Mundial com mais 558.000 assinaturas.

Recentemente, a Expedia assumiu um compromisso semelhante. O famoso site de reservas anunciou que irá revisar todas as atrações do seu catálogo e remover as atividades que envolvem diferentes tipos de crueldade com os animais. A mudança deve ocorrer ao longo dos próximos meses.

#UnidosPelaManada

Você também pode fazer parte desse movimento. Para saber mais sobre o trabalho da Proteção Animal Mundial contra a exploração de elefantes e outros animais silvestres no entretenimento, conheça a nossa campanha #UnidosPelaManada.

Seja um turista responsável. Junte-se a nós! 

"A Bamba está mandando uma forte mensagem para todas as outras empresas da região e mostrando que os animais silvestres não são entretenimento"

Compartilhe