ATUALIZAÇÃO: Furacão Irma - animais lutam para sobreviver em Antígua e Barbuda

12 de setembro de 2017

A situação é trágica. Estamos trabalhando com organizações e os veterinários locais enquanto tentamos chegar à ilha.

Chegar até os animais mais afetados está sendo extremamente desafiador, pois os voos para a região do Caribe foram cancelados.

Neste momento, uma de nossas equipes está presa em San Juan, Porto Rico, tentando chegar à pequena ilha de Antigua e Barbuda. Outra equipe acaba de chegar à Jamaica, onde está se abastecendo com suprimentos vitais para a viagem. Membros da Sociedade Jamaicana de Proteção dos Animais (JSPCA) também estão se juntando ao grupo e seguirão viagem até Antígua e Barbuda assim que possível.

Enquanto isso, estamos trabalhando com nossa rede local de médicos veterinários e grupos de bem-estar animal em diferentes localidades para fornecer atendimento veterinário aos animais machucados e fracos devido à passagem do Furacão Irma.


Os animais foram abandonados na ilha após evacuação de toda a população.
Foto: Antiqua and Barbuda Humane Society.

Os animais estão desesperados

O furacão Irma deixou Barbuda em ruínas. Nossas equipes estão trabalhando em parceria com Karen Corbin, presidente e diretora-executiva da Sociedade Humanitária de Antígua e Barbuda (Antigua and Barbuda Humane Society).

“Barbuda está completamente destruída”, explicou Karen. “Todas as pessoas evacuaram a ilha e os animais estão sozinhos. Há animais mortos por toda a parte. Eu vi cães e porcos começando a agir de forma feral e ameaçando outros animais”.

Porcos abandonados se alimentam com ração oferecida por organização local.
Foto: Antiqua and Barbuda Humane Society.

Estamos fazendo todo o possível para nos juntarmos a Karen e sua equipe o mais rápido possível, e levar ajuda a esses animais em sofrimento e vulneráveis.

“Em toda minha carreira trabalhando com desastres, eu nunca vi nada parecido com isso. Uma ilha totalmente abandonada cheia de animais vagando desamparados”, comentou Scott Cantin, membro de nossa equipe de gerenciamento de desastres.

Histórico de ajuda aos animais no Caribe

Graças ao apoio de milhares de pessoas ao redor do mundo, ajudamos milhares de animais no Caribe na última década. Prestamos cuidados veterinários aos burros nas Ilhas Turcas e Caicos após o furação Ike e levamos atendimento médico emergencial e comida para cerca de 110.000 animais doentes e desalojados após o furacão Matthew.

Em 250 respostas a desastres nos últimos 50 anos, nós ajudamos mais de 7 milhões de animais ao redor do mundo.

Seu apoio pode ajudar a salvar os animais famintos e assustados que estão abandonados em Barbuda e em outras ilhas afetadas pelo furacão Irma. Estamos em uma corrida contra o tempo, mas, juntos, podemos ajudamos a sobreviver a essa situação catastrófica.

Faça hoje uma doação

Aviso importante: sua doação será processada pelo escritório da World Animal Protection nos Estados Unidos e cobrada em dólares americanos. O valor final está sujeito à flutuação da taxa cambial vigente no dia de liquidação da fatura do cartão de crédito e às políticas da empresa administradora de seu cartão de crédito. Sobre o valor doado incidirá, ainda, uma taxa de 6,38% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), segundo normativa brasileira. A World Animal Protection é uma organização registrada no Brasil sob CNPJ 01.004.691/0001-64 e nos Estados Unidos com número de identificação tributária 04-2718182. Sua doação não conta com benefícios fiscal ou tributário previstos pela legislação brasileira. Seu apoio financeiro ajudará nos trabalhos de World Animal Protection de proteção aos animais em todo o mundo, incluindo aqueles vítimas de desastres.

“Em toda minha carreira trabalhando com desastres, eu nunca vi nada parecido com isso. Uma ilha totalmente abandonada cheia de animais vagando desamparados"
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp