Embaixadores animais lembram governos da importância de protegê-los em desastres

16 de maio de 2019

Levamos infláveis até Genebra para chamar a atenção das autoridades sobre os animais em desastres

Nossa delegação formada por animais infláveis protestou em frente ao prédio das Nações Unidas em Genebra, na Suíça. A cidade está sediando a 6º Sessão da Platafoma Global de Redução de Riscos de Desastres (GP2019), que acontece de 13 a 17 de maio.

Os bonecos simbolizam os milhões de animais que sofrem durante desastres e que precisam de ajuda. Eles representam seis escritórios da Proteção Animal Mundial: Brasil, Costa Rica, Estados Unidos, Índia, Quênia e Tailândia.

Nossos animais infláveis foram colocados em frente ao prédio onde acontece a conferência.

Fomos a Genebra para pedir aos governos de todo o mundo que incluam os animais em seus planos de desastres nacionais e locais.

Durante a conferência, nossa equipe conversou com representante dos governos de diversos países e participou das consultas públicas realizados por eles. Também apresentamos o trabalho de sucesso que realizamos na Índia para salvar milhares de animais vítimas de inundações.

Gajender Sharma, diretor do escritório da Índia, falou para representantes de governos sobre a importância de incluir os animais nos planos de desastres.

Por que proteger os animais em desastres?

Quando se trata de desastres - como furacões, terremotos e inundações, os animais geralmente são deixados para trás. Eles sofrem tanto quanto as pessoas: passam fome, sentem sede, adoecem e ficam sob intenso estresse.

Eles também merecem ser protegidos.

Mais de um bilhão de pessoas depende dos animais para alimentação, transporte, subsistência e companhia. Por isso, ao mantermos os animais a salvo durante um desastre, também ajudamos as pessoas.

Se nenhuma ação for tomada pelos governos, os animais continuarão sofrendo e morrendo em consequência de desastres e as pessoas, as estruturas sociais e a economia serão ainda mais afetados.

Saiba mais sobre nosso trabalho para ajudar animais vítimas de desastres

Nossa mensagem é clara: não os esqueçam
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp