EUA: Nestlé passa a usar apenas ovos de galinhas criadas fora de gaiolas

22 de dezembro de 2015

Milhões de animais serão beneficiados pela mudança, resultado da parceria entre a World Animal Protection e a maior empresa de alimentos do mundo

A nova medida será implementada em toda cadeia de fornecedores dos Estados Unidos até 2020.

Com o anúncio, a Nestlé se une a inúmeras outras companhias que recentemente se comprometeram a parar de usar ovos de galinhas confinadas, como McDonald’s e Taco Bell.

Anualmente, 10 mil toneladas de ovos são usados nos produtos da Nestlé. A multinacional também anunciou que buscará atingir, em outros países, o mesmo padrão estabelecido para a América do Norte.

Parceria pela proteção animal

World Animal Protection anunciou a sua parceria com a Nestlé em 2014. Desde então, tem trabalhado para desenvolver a expertise da empresa em proteção animal e torná-lo parte vital da sua Estratégia de Fornecimento Responsável.

Martin Cooke, chefe internacional de engajamento corporativo da World Animal Protection, destacou a importância do anúncio: “Quase 300 milhões de galinhas são mantidas presas em gaiolas industriais estéreis, onde cada galinha ocupa um espaço menor do que um iPad, impossibilitadas de esticar as asas ou de se movimentar livremente. Tudo isso para produzir um dos produtos mais básicos da indústria de alimentos – ovos”.

“Temos orgulho de ser parceiros da Nestlé, porque a empresa está escutando seus consumidores e colocando o bem-estar animal à frente do seu poder econômico”, afirmou Cooke.

“Eles estão adotando uma abordagem mais responsável quanto ao fornecimento de ovos, o que irá melhorar a vida de milhões de galinhas. Grandes empresas de alimentos, como a Nestlé, podem influenciar positivamente toda a cadeia de fornecedores”.

O foco da World Animal Protection é garantir o padrão mais alto possível de bem-estar tanto na criação, quanto no cuidado desses animais.

Repensando a produção de alimentos

O presidente de relações corporativas da Nestlé, Paul Bakus, observou: “Os nossos produtos estão nas geladeiras e despensas de consumidores socialmente conscientes em todo Estados Unidos. E nós compartilhamos com eles essa preocupação com o fornecimento responsável de ingredientes”.

“A mudança para ovos vindos exclusivamente de galinhas criadas fora de gaiolas é uma maneira de atender nossos consumidores e de estabelecer precedentes para o bem-estar dos animais de produção”.

Saiba mais

Conheça o trabalho da World Animal Protection para diminuir a crueldade na indústria de alimentos e melhorar a vida dos animais de produção.

"Grandes empresas de alimentos, como a Nestlé, podem influenciar positivamente toda a cadeia de fornecedores”

Compartilhe

WhatsApp