Frio extremo: World Animal Protection socorre 30.000 alpacas no Peru

14 de agosto de 2015

Baixas temperaturas chegaram a -24ºC e a região sul do país declarou estado de emergência; milhares de animais já morreram.

O clima extremo afetou cerca de 30 mil pessoas na região de Puno e já foram registradas duas mortes. As alpacas também estão sofrendo com a queda de temperatura.

Segundo o Departamento de Desenvolvimento Rural e Agricultura do país, mais de 870.000 animais foram impactados – e infelizmente, 170.000 alpacas já morreram.

O frio prejudica principalmente os filhotes, que sofrem com doenças como pneumonia, diarreia, hipotermia, problemas gastrointestinais e inanição.

A equipe de atendimento emergencial da World Animal Protection foi ao Peru para socorrer estes animais. Já visitamos algumas das zonas mais afetadas pelo frio – incluindo Crucero e Macusani, em Carabaya; Cuyocuyo, em Sandía; San Antonio de Putina, Lampa, Melgar e El Collao.

Socorro aos animais

A World Animal Protection vai entregar 9.600 fardos de feno de aveia, cada um com 20 kg, para ajudar 30.000 alpacas a enfrentar o frio.

Além disso, o Departamento de Desenvolvimento Rural e Agricultura do Peru e o governo local de Puno se comprometeram a destinar US$ 30.000 aos animais da região, como contrapartida ao apoio da World Animal Protection.

Este dinheiro será usado para fornecer ainda mais fardos de feno e suprimentos veterinários.

Extrema pobreza

Mãe de 7 crianças, Buenaventura Mamami vive com outras 11 pessoas e eles dependem de suas 70 alpacas para sobreviver. “Durante as baixas temperaturas, 10 das minhas alpacas morreram”, nos contou ela.

O frio extremo também impede que as alpacas sejam tosquiadas (para vender a lã), o que reduz significativamente a renda da família. Agora, eles irão depender dos 60 animais restantes para sobreviver até o fim do ano – e a falta de pastos agrava ainda mais a situação, já que o clima devastou a vegetação.

Os moradores da província de Lampa vivem em situação de extrema pobreza. A região é considerada uma das piores do sul do Peru. Com o dinheiro doado pelas autoridades, poderemos ajudar os animais a enfrentar as baixas temperaturas e a garantir a subsistência das famílias de Puno.

Junte-se a nós

Juntos, movemos o mundo para proteger e resgatar os animais durante desastres. Conheça mais sobre o trabalho da World Animal Protection em situação de emergência.

A World Animal Protection vai entregar 9.600 fardos de feno de aveia, cada um com 20 kg, para ajudar as alpacas a enfrentar o frio
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp