Furação Irma: nossas equipes estão a caminho do Caribe para salvar os animais

11 de setembro de 2017

Estamos trabalhando para proteger os animais - as vítimas esquecidas do desastre. Milhões podem ter sido afetados.

O furacão Irma intingiu as ilhas do Caribe na última semana, deixando um rastro de destruição e milhares de pessoas desabrigadas. Nossas equipes estão fornecendo tratamento emergencial aos animais que também foram afetados pela tragédia.

Em desastres como esse, os animais passam por situações de estresse e choque. Eles podem se ferir seriamente nos escombros e contrair doenças por meio da água contaminada e a exposição a vírus e bactérias. 

Trabalhando com governos e médicos veterinários

Nossos especialistas no Caribe vão:

  • trabalhar com os governos locais e médicos veterinários. Eles estão prontos para oferecer assistência médica imediata, abrigo e comida aos animais machucados;
  • fornecer kits de emergência veterinários, que contêm tratamentos para diarreia, pneumonia e outras doenças que se espalham com facilidade depois de desastres naturais;
  • avaliar as necessidades a longo prazo dos animais, em parceria com os governos dos países afetados.

Quase desvastação total

O mundo não via uma tempestade com ventos dessa proporção desde que o furacão Typhoon Haiyan varreu as Filipinas em 2013.

O primeiro ministro de Antigua e Barbuda, ilha atingida na quarta-feira (6) por ventos que alcançaram os 295 km/hora, descreveu a devastação como "quase total" e estimou que mais de 95% da estrutura da ilha estão danificados ou destruídos.

"Estamos muito preocupados com os animais que, com frequência, são as vítimas esquecidas dos desastres. Nossas equipes estão a caminho para ajudá-los", explicou Steven Cleff, Gerente Internacional de Resposta a Desastres. Segundo ele, os relatórios dos estrago em Barbuda são asssutadores: "Uma tempestade nunca antes vista", acrescentou.

Um momento crítico

Os próximos dias são criticos para as pessoas que dependem de seus animais. Se esses animais morrerem, suas esperanças de reconstruir suas vidas deixarão de existir. Quando o processo de recuperação começar, salvar os animais os ajudará a ter mais estabilidade no futuro.

Seguiremos com mais atualizações. Acompanhe pelo Facebook e Twitter.

Importante: A imagem acima foi tirada após a chegada do furação Jova no México em 2011.

"Estamos muito preocupados com os animais que, com frequência, são as vítimas esquecidas durante desastres. Nossas equipes estão a caminho para ajudá-los"
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp