Horror: Investigação mostra que todas atrações turísticas de Bali são cruéis com animais silvestres

22 de maio de 2018

Não há nenhuma que não maltrate animais silvestres na região de Bali – diversas espécies, de elefantes a golfinhos, são mantidas em cativeiro e em situações precárias

Recentemente, investigamos 26 atrações turísticas de entretenimento com animais silvestres em Bali, que reúnem mais de 1.500 animais em cativeiro. Entre eles, elefantes, tigres, golfinhos, civetas e orangotangos.

Nosso relatório Parques de Maus-tratos à Vida Silvestre (Wildlife Abusement Parks) revela uma situação totalmente cruel e devastadora com animais silvestres usados como entretenimento turístico na região.

Bali é um destino turístico bastante popular, mais de 5 milhões de turistas visitaram a ilha apenas em 2017. Apesar de ser uma ilha paradisíaca para os turistas, o relatório mostra a realidade infernal que os animais enfrentam e as condições que são obrigados a suportar todos os dias: mantidos em cativeiros e condenados a passar o resto de suas vidas sofrendo por causa do turismo.

Uma escala aterrorizante de sofrimento

Alguns dos resultados mais perturbadores foram estes:

  • Todos os golfinhos são mantidos em condições totalmente cruéis e inadequadas – em pequenas piscinas, de aproximadamente 3 metros de profundidade, com quatro golfinhos nariz-de-garrafa apertados ali dentro;
  • Em uma das atrações, os golfinhos têm os dentes arrancados ou lixados;
  • Todas as atrações com elefantes oferecem passeios no lombo dos animais. Para isso, os elefantes passam por treinamentos cruéis e intensivos que envolvem procedimentos severos, traumatizantes e extremamente dolorosos;
  • Todas as atrações com orangotangos oferecem a oportunidade de tirar selfies com os animais. Forçados a entreter filas e mais filas de turistas, muitos desses animais ficam sem poder se mover, interagir uns com os outros ou expressar seu comportamento natural;
  • 80% das interações com primatas não atendem às necessidades básicas dos animais silvestres em cativeiro;
  • 100% das atrações com elefantes, tigres, golfinhos e civetas não atendem as necessidades básicas desses animais.

Condições grotescas e aterrorizantes

É um absurdo que em um lugar tão maravilhoso como Bali, com tantos atrativos naturais aos turistas, os animais sejam submetidos a condições tão cruéis.

Veja aqui o relatório completo (em inglês).

Quando nossas equipes investigaram as condições de bem-estar de outros destinos turísticos, foi sempre possível recomendar alternativas não exploratórias. 

É assustador que não tenha ao menos um local que possa ser recomendado em Bali, nem em Lombok e Gili Trawangan, que ficam na região.

“Bali é um destino paradisíaco e sua economia depende basicamente dos milhões de turistas que viajam para lá todos os anos. Mas, infelizmente, diante dessa situação terrível com o bem-estar dos animais, pedimos aos turistas que evitem esse destino até que isso seja mudado”, diz nosso CEO, Steve Mclvor.

O que você pode fazer

Estamos encorajando os turistas a boicotar companhias de turismo que promovam ou ofereçam atrações cruéis com a vida silvestre. As companhias de Bali têm responsabilidade urgente em rever suas ofertas e garantir que não estejam promovendo essas terríveis atividades.

Se você puder montar, abraçar ou tirar fotos com animais silvestres, é cruel. Jamais faça algo do tipo, não importa quantas curtidas isso irá render nas redes sociais.

Encorajamos os turistas a boicotar companhias de turismo que ofereçam atrações cruéis com a vida silvestre

Compartilhe

WhatsApp