Rio Claro (SP) cria código de proteção animal que prevê multa de até R$ 8 mil por maus-tratos

14 de maio de 2018

Proteção Animal Mundial dará suporte ao projeto com assessoria técnica e cursos de capacitação para protetores independentes e profissionais do setor

O projeto de lei que institui o Código Municipal de Defesa e Proteção dos Animais foi entregue, nesta terça (8), para aprovação na Câmara de Vereadores.

O novo código prevê multa de até R$ 8 mil para casos de maus-tratos aos animais, ampliação dos projetos de castração, vacinação, registro e identificação dos animais com microchip, além de parcerias com o terceiro setor.

A Proteção Animal Mundial irá ajudar a capacitar os servidores públicos, oferecendo cursos sobre maus-tratos para a guarda municipal e assessoria na implantação de um manejo integrado e humanitário de cães e gatos.

“Com o termo de cooperação técnica que assinaremos com o município, poderemos ajudá-los a implantar políticas públicas eficientes em proteção dos animais”, explica Rosangela Ribeiro, nossa gerente de programas veterinários.

A proposta surgiu de reuniões entre prefeito João Teixeira Junior e representantes de diferentes entidades de proteção animal, incluindo a nossa equipe.

 “Esse texto não é simplesmente um projeto. É um código que terá que ser respeitado de maneira a garantir no município uma nova realidade para os animais”, declarou o prefeito.

“Com o termo de cooperação técnica que assinaremos com o município, poderemos ajudá-los a implantar políticas públicas eficientes em proteção dos animais”

Compartilhe

WhatsApp