Saiba como acalmar seu cão e gato durante queimas de fogos

22 de dezembro de 2017

O que para nós é apenas um ruído alto, para eles pode ser um estrondo assustador. Veja como mantê-los tranquilos durante as épocas festivas

Os fogos de artifício nunca faltam nas celebrações de fim de ano, especialmente nos dias de Natal e Ano Novo. Um show repleto de luzes e cores: é difícil achar quem não goste. Entretanto, para os nossos amigos peludos, esse espetáculo pode não ser tão agradável.

Você sabia que os cães e os gatos têm a audição mais aguçada do que a dos humanos? Somos capazes de captar frequências sonoras entre 20 e 20.000 Hertz, enquanto eles possuem uma capacidade muito maior: entre 40 e 60.000 Hertz para os cães e entre 45 e 65.000 para os gatos domésticos. Em outras palavras, o que para nós é só um ruído alto, para os cães e gatos pode ser um estrondo assustador.

Além disso, as orelhas desses animais são dotadas de mais de uma dezena de músculos, o que os permite movimentá-las em diferenes direções, captando sons com mais rapidez do que nós.

Por isso, não estranhe se seu cachorro ou gato ficar muito inquieto, irritado ou assustado com barulhos de rojões, bombinhas e outros fogos de artifício. Em muitas ocasiões, as festas são o fator desencadeante para que animais de estimação fiquem alterados, muitas vezes se machucando, fugindo ou se perdendo – o que põe em risco sua saúde e até mesmo sua vida. 

Reações aos fogos

Os animais demonstram diversos sinais de ansiedade e medo que podem ser facilmente notados pelos tutores como, por exemplo:

  • latido ou miado excessivos
  • comportamento destrutivo 
  • baba excessiva
  • olhar evasivo
  • rabo baixo ou escondido entre as patas traseiras, no caso dos cães
  • orelhas abaixadas para trás
  • lamber-se em excesso
  • tremores no corpo
  • busca frenética por esconderijos

Além disto, cães e gatos assustados tendem a: 

  • Seguir as pessoas da casa para todo lado (não querem estar sozinhos) - especialmente os cães
  • Esconder-se entre as pernas das pessoas
  • Esconder-se embaixo da cama (onde se sentem seguros)

O que posso fazer?

Quem tem um animal de estimação é responsável por seu bem-estar. O pânico gerado pelo barulho dos fogos pode representar riscos à saúde de cães e gatos e, portanto, algumas medidas devem ser tomadas para protegê-los.

Veja algumas dicas de cuidados

  • evite ao máximo deixar seus animais sozinhos durante a queimas de fogos de artifício;
  • não leve seu animal de estimação para eventos nos quais haverá esse tipo de atração;
  • mantenha-os dentro de casa ou em um lugar onde estarão seguros até que os barulhos cessem;
  • jamais prenda seus animais em correntes ou coleiras. Eles podem se machucar, e até mesmo se enforcar, durante tentativas de fuga;
  • certifique-se de que todas as portas, janelas ou passagens (por onde eles possam se lançar na tentativa de fuga) estejam bem fechadas;
  • prepare o ambiente de maneira que fique aconchegante, com o máximo de isolamento acústico possível;
  • ligue a televisão ou coloque música para disfarçar os ruídos externos;
  • distraia seu cão ou gato convidando-o para brincar;
  • avalie seu comportamento e, se perceber que ele sofre de ansiedade excessiva nessas ocasiões, consulte um médico veterinário sobre alternativas de tratamento.

É muito importante que você não tente consolar o animal fazendo-lhe carinho constantemente, uma vez que isso fará com que ele sinta que o medo é justificado. Isso pode levá-lo a repetir o comportamento indesejado no futuro.

Compartilhe

WhatsApp