Sucesso! Instagram se junta à nossa campanha contra selfies cruéis

04 de dezembro de 2017

Influenciada pelo movimento #SelfieSemCrueldade, a plataforma irá alertar seus usuários sobre o sofrimento que essas fotos podem causar a milhares de animais

Mais de 255 mil pessoas assinaram nosso Código da Selfie. E é graças a esse incrível apoio que o Instagram lança hoje um conteúdo informativo para educar seus usuários sobre o impacto negativo das selfies na vida dos animais silvestres.

Estivemos trabalhando diretamente com o Instagram, uma das maiores plataformas de mídias sociais do mundo, para mostrar que é errado retirar os animais de seus habitats naturais para oportunidades de foto.

A partir de agora, quando as pessoas procurarem por hashtags como #koalaselfie ou #tigerselfie, uma mensagem de alerta será exibida. O alerta informará aos usuários que as fotos que estão procurando podem encorajar comportamentos que são prejudiciais aos animais silvestres. O Instagram também preparou uma página com mais informações sobre o assunto, mas a versão em Português ainda não está disponível. 

Muitos dos animais com os quais os turistas tiram fotos são roubados da natureza e depois aprisionados em locais sujos e apertados. Passados de mão em mão entre os turistas, eles sofrem com estresse, doenças, lesões e até mesmo morte prematura. 


Bebê tigre preso em uma gaiola em atração turística na Tailândia, onde as pessoas podem tirar fotos com animais silvestres.

Um impacto de grandes proporções

Com sua influência global, o Instagram pode mudar o diálogo sobre selfies com animais silvestres e espalhar a mensagem de que o uso desses animais como acessórios para fotos é inaceitável.

Estamos muito felizes que a plataforma tenha reconhecido que a crueldade com animais acontece tanto na frente como por trás das câmeras.

Os animais parecem felizes nas fotos, mas, na realidade, eles são com frequência tirados ilegalmente da natureza e constantemente atraídos com comida. Todo esse contato excessivo com humanos causa traumas profundos a eles.


Macacos, preguiças, aves e outros animais são roubados da natureza e mantidos em ambientes com péssimas condições.

Sua voz é poderosa

Todas as nossas conquistas para acabar com a crueldade com animais no turismo só são possíveis com o apoio de pessoas como você.

Você nos ajudou a expor ao Instagram a crueldade escondida nos bastidores. Agora, quando um de seus 800 milhões de usuários procurar por imagens de interações que são prejudiciais aos animais, eles serão alertados sobre os perigos dessa tendência.

Entendemos que muitos turistas que tiram selfies com animais silvestres fazem isso porque amam animais e essa última vitória é uma prova de que estamos inspirando as pessoas a fazer as escolhas certas.

Junte-se ao movimento

Ainda não assinou o Código da Selfie? Comprometa-se a tirar somente selfies sem crueldade adicionando seu nome aqui.

"A realidade é que esses animais estão sofrendo profundamente, tanto na frente como atrás das câmeras" - Steve McIvor, CEO da Proteção Animal Mundial
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp