Turista escocês é morto por elefante durante passeio

03 de fevereiro de 2016

Esta tragédia é um lembrete importante de que elefantes são animais silvestres e não devem ser montados

Autoridades da Tailândia anunciaram, nesta semana, que um turista escocês foi morto por um elefante durante suas férias na ilha de Koh Samui. Nossos pêsames vão para a sua família e amigos.

Elefantes são animais silvestres e pertencem à natureza, não em atrações turítiscas. Esta é o alerta que a nossa campanha Silvestres. Não entretenimento. tem buscado transmitir desde 2014.

Elefantes traumatizados

Apesar do que é divulgado em folhetos de viagem, a realidade dos elefantes usados em shows ou passeios é de sofrimento e tristeza. Muitas vezes separados de suas mães e grupos familiares com apenas alguns meses de idade, eles têm o seu comportamento natural desrespeitado.

Estes elefantes passam por grandes traumas físicos e mentais para serem “treinados” e forçados a se apresentar e a interagir com as pessoas.

Infelizmente, a maioria dos turistas desconhece a crueldade envolvida e o risco que correm ao visitar essas atrações.

Faça sua parte

Se é possível montar, abraçar ou tirar uma selfie com um animal silvestre, provavelmente este animal está sofrendo.

E agora que você sabe disso, pode escolher não contribuir com essa prática.

Graças a quase 175 mil pessoas que assinaram nossa petição, mais de 80 empresas de viagens em todo o mundo se comprometeram a parar de oferecer atividades cruéis. Entre elas, uma das maiores agências do mundo, a Thomas Cook, que se uniu recentemente à lista.

Assine e apoie essa causa.

Animais pertencem à natureza

Vamos continuar a trabalhar com empresas do mundo todo para garantir que outras se juntem ao nosso movimento e acabem de vez com os passeios de elefante.

Estes elefantes passam por grandes traumas físicos e mentais para serem “treinados” e forçados a se apresentar e a interagir com as pessoas

Compartilhe

WhatsApp