Vaquejada causa sofrimento aos animais, afirma Conselho Federal de Medicina Veterinária

27 de outubro de 2016

Órgão federal divulgou uma nota oficial nesta quarta-feira (26) se posicionando contra essa prática cruel

A Proteção Animal Mundial apoiou a declaração do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) em uma carta aberta. Leia aqui.

O posicionamento do CFMV vem em um momento importante. Apesar da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) pela inconstitucionalidade das vaquejadas no Ceará, outros três projetos de lei e uma proposta de emenda à Constituição ainda tramitam em Brasília.

As quatro medidas (PLS 377/2016PLS 378/2016PLC 24/2016 e PEC 50/2016) buscam regulamentar esta prática cruel e classificá-la como patrimônio cultural brasileiro – junto aos rodeios.

Esta última semana foi marcada por protestos de vaqueiros, empresários e outros grupos contrários à decisão do STF. Em consultas públicas, todavia, a população brasileira se declarou majoritariamente contra as vaquejadas.

A Comissão de Ética, Bioética e Bem-estar Animal (Cebea/CFMV) explicou o posicionamento do CFMV em uma audiência na Câmara dos Deputados. Para a comissão, os bovinos sofrem física e psicologicamente nas vaquejadas.

“O gesto brusco de tracionar violentamente o animal pelo rabo pode causar luxação das vértebras, ruptura de ligamentos e de vasos sanguíneos (...) e a queda também pode resultar em contusões na musculatura e lesões aos órgãos internos”, disse a presidente da Cebea, Profª. Drª. Carla Molento.

Ainda que o sofrimento físico pudesse ser evitado, o impedimento de fuga a uma ameaça causa reações de ansiedade, medo e desespero. Para ela, isso “confirma o sofrimento emocional a que os bovinos são expostos em uma vaquejada”.

Faça sua parte

Nesta semana, a Proteção Animal Mundial enviou cartas individuais a todos os senadores, reiterando o nosso apoio à decisão do STF. Mas você também pode ajudar: mostre que a vaquejada não tem mais lugar no Brasil hoje. A nossa cultura deve evoluir junto com a opinião pública – e nós somos #ContraAVaquejada.

Participe das consultas públicas e divulgue:

Juntos, vamos mover o mundo pelos animais. 

Durante uma vaquejada, os bovinos são expostos a um sofrimento físico e emocional

Compartilhe

WhatsApp