Vitória: Turkish Airlines se compromete a proteger os papagaios-do-congo

19 de março de 2019

A companhia concordou em trabalhar conosco em soluções para acabar com o transporte dos pássaros em suas aeronaves

Imagem do topo: Nature's Gifts Captured / Getty Images

Durante nosso encontro presencial em sua sede em Istambul no dia 7 de março, os executivos da Turkish Cargo, subsidiária da companhia aérea, expressaram preocupação com o bem-estar dos animais silvestres.

Eles concordaram em agir para proteger os papagaios-do-congo e outras espécies contra o tráfico de animais silvestres e apontaram políticas da empresa em oposição ao transporte de trofeus de caça e barbatanas de tubarão.

Agradecemos a todas as188.099 pessoas que assinaram nossa petição para a Turkish Airlines, lançada no dia 4 de fevereiro.

African grey parrot in captivity - World Animal Protection - Wildlife. Not pets

Um papagaio-do-congo em cativeiro. Ele arrancou suas próprias penas por estresse.

Como trabalharemos juntos? 

Em fevereiro deste ano, a companhia aérea já havia declado um embargo global ao transporte de papagaios-do-congo em seus aviões em resposta ao nosso pedido. A recente decisão é ainda mais abrangente.

A Turkish Cargo irá colaborar conosco para interromper o tráfico ilegal desses animais nos próximos meses. É de lá que a maioria dos papagaios-do-congo são ilegalmente transportados para outros países.

Estamos contentes que a companhia esteja aberta a trabalhar em conjunto para implementar mudanças de longo alcance em defesa dos animais. Esperamos que esse trabalho ajude a proteger outros animais silvestres vítimas do comércio ilegal.

Acompanhe nossas ações pelos animais silvestres

Assine nossa newsletter e receba atualização sobre nossas campanhas no Brasil e ao redor do mundo:

Fique por dentro das novidadesAssine

Eles concordaram em agir para proteger os papagaios-do-congo e outras espécies
Categorias: 

Compartilhe

WhatsApp