World Animal Protection inaugura o maior santuário de ursos da Europa

14 de maio de 2014

Hoje nós celebramos a abertura oficial do nosso santuário na Romênia, um lar para ursos resgatados de cativeiros ilegais e de situações de maus tratos.

Nós começamos a construir o santuário de ursos Libearty em 2005, na Romênia, com nossos parceiros da AMP (Millions of Friends), quando eles nos expuseram a situação dos ursos mantidos ilegalmente em cativeiro no país. 

Uma cerimônia em Zarnesti, na Romênia, marcou os oito anos desde a concepção do santuário. Apesar concluído apenas agora, há anos o local já funciona como abrigo para ursos que haviam sido retirados ilegalmente da natureza e mantidos presos, frequentemente em situação de maus tratos. 

Hoje, o Libearty é lar para quase 80 ursos resgatados. Veja nas fotos!

“Nós estamos extremamente orgulhosos de anunciar que o maior santuário de ursos da Europa está completo”, declarou o CEO da WSPA, Mike Baker, “e funciona como lar para os 78 ursos que a AMP, com o apoio da World Animal Protection, resgatou do cativeiro ilegal”.

Nossos esforços para proteger esses mamíferos no hemisfério Norte teve início em 1992. Nós projetamos e financiamos a construção do primeiro santuário de ursos do mundo, localizado na Grécia – seguido por santuários na Turquia, Hungria, Tailândia, Paquistão, Índia, Laos e agora na Romênia.

Por todo o mundo, continuamos a proteger os ursos dos piores casos de crueldade, como a sua utilização em rinhas contra cães no Paquistão ou ainda a extração da sua bílis, uma prática cruel e desnecessária que ocorre em diferentes regiões da Ásia.

“Com tantas espécies silvestres ameaçadas pela exploração e atividade humana, nós estamos fazendo tudo o que podemos para mover o mundo para proteger os animais”, garantiu Baker. “Nós acreditamos que todos os animais silvestres permanecem à natureza”.

Uma amizade inusitada

Luna, uma loba de dez anos, chegou ao santuário no final de 2013. Ela havia passado os primeiros três anos de sua vida em um zoológico, em um cativeiro com pouco mais de 4m². Os seus pais viveram sob as mesmas condições no Zoológico Baia Mare. Sete anos atrás, o espaço onde ela vivia foi ampliado para 200m² — o que ainda era pequeno demais dividir com outros três lobos. No último ano, após despacharem os demais para outros zoológicos, Luna ficou completamente sozinha e eventualmente o santuário Libearty a resgatou.

Ela foi colocada em uma ampla área reservada para lobos, junto a outros oito da sua espécie. Porém, Luna não parecia gostar muito da companhia deles e o diretor do santuário decidiu tentar alocá-la para junto de um dos ursos mais antigos do Libearty – o Príncipe Charles, que na época era velho e também rabugento. Surpreendentemente, Charles se animou com a nova amiga e Luna ficou mais do que satisfeita. Agora, ambos aproveitam a companhia um do outro e são frequentemente vistos caminhando, dormindo e se alimentando juntos.  

“Nós acreditamos que todos os animais silvestres permanecem à natureza”

Compartilhe

WhatsApp