Amontoadas, maltratadas e mortas para serem comidas

O Cayman Turtle Centre – Centro de Tartarugas de Cayman, em português – é a única atração no mundo em que turistas podem segurar tartarugas marinhas criadas em cativeiro.

Antes conhecido como Cayman Turtle Farm, o local foi recentemente renovado e ganhou um visual mais atraente para os turistas. A atração, todavia, ainda mantém uma criação intensiva de milhares de tartarugas-verdes e permite que turistas comam esses animais ameaçados de extinção.

O Cayman Turtle Centre é o último criadouro de tartarugas marinhas para consumo humano do qual se tem registro. É impossível criar esses animais silvestres em cativeiro de forma “humanitária”.

A companhia de cruzeiros marítimos Carnival Cruise Lines leva milhares de turistas diretamente ao Cayman Turtle Centre, todos os anos. Muitos dos visitantes não têm consciência da crueldade por trás da atração turística.

Por favor, assine nossa petição agora e exija que a Carnival Cruise Lines seja responsável por esses animais ameaçados.

Uma das atrações mais cruéis do mundo

As criações de tartarugas marinhas estão listadas como uma das 10 atrações turísticas mais cruéis do mundo em nosso relatório “Check-out da crueldade”, de 2016.

As instalações do Cayman Turtle Centre não permitem que tartarugas marinhas exerçam o seu comportamento natural. 

Assine nossa petição e exija que a Carnival Cruise Lines proteja as tartarugas marinhas

Uma das maiores companhias de cruzeiro do mundo leva milhares de turistas todos os anos para o Cayman Turtle Centre, uma atração que comete crueldades terríveis contra tartarugas ameaçadas de extinção.

Exija que a Carnival Cruise Lines proteja as tartarugas e pare já as suas viagens até o Cayman Turtle Centre.

Em seu habitat natural, o oceano, as tartarugas-verdes mergulham a até 140 metros de profundidade e podem viajar 5.000 km em um ano.

As tartarugas que vivem na atração turística não têm a liberdade que teriam na natureza. Ao invés disso, elas são submetidas a condições inadequadas e exploradas para a diversão dos turistas.

No Cayman Turtle Centre, as tartarugas-verdes:

  • são manuseadas incorretamente por turistas, que as usam como acessórios em suas selfies de férias;
  • sofrem ferimentos graves, lesões na pele, estresse, deformações e doenças, devido à superlotação dos tanques;
  • são expostas ao público em tanques rasos, onde não podem nadar livremente;
  • às vezes mordem e mutilam umas às outras, frequentemente em função do estresse;
  • e sofrem diversos defeitos genéticos, como nascer sem olhos, por causa da reprodução em cativeiro.

Para saber mais sobre as condições a que tartarugas marinhas são submetidas em nome do entretenimento, leia o nosso relatório Cayman Turtle Farm: A continued case for support (em inglês).

Carnival: Faça a coisa certa pelos animais silvestres

Cerca de 20% de todos passageiros de cruzeiro do mundo viajam nos navios da Carnival Cruise Lines. A empresa tem uma influência inacreditável e deveria ser um exemplo a seguir.

Localizado nas Ilhas Cayman, o Cayman Turtle Centre depende de cruzeiros para ter clientes. Mais de 200.000 pessoas visitam a atração, todos os anos, e cerca de 75% dos turistas são passageiros de cruzeiros.

Nós contatamos a Carnival Cruise Lines inúmeras vezes, desde janeiro. E apesar de deixarmos clara a nossa preocupação com o bem-estar dos animais, a empresa não aceitou parar de levar suas embarcações cheias de turistas para essa atração cruel.

Outros líderes da indústria de turismo, como a agência global Thomas Cook, já nos ouviram e fizeram mudanças para proteger melhor a vida silvestre. Agora é a hora da Carnival Cruise Lines também nos ajudar a mover o mundo para proteger os animais.

Por favor, junte-se à nossa petição agora.

 

Compartilhe