2016: Animais em desastres

Resposta e atendimento emergencial

  • 10 intervenções em 10 países
  • 658.135 animais ajudados ao todo
  • 569.300 animais ajudados diretamente (incluindo desastres no Haiti, Costa Rica e Filipinas)
  • 88.700 animais ajudados indiretamente

    . Alguns animais podem ser ajudados indiretamente em uma intervenção: por exemplo, quando construímos ou fornecemos materiais para abrigos, mais animais da região podem usar e ser beneficiados pela nova estrutura.

Desastres e animais socorridos

  • Dzud na Mongólia (Janeiro): 254.875 animais ajudados diretamente
  • Seca na Etiópia (Fevereiro): 6.000 animais ajudados diretamente
  • Seca na Tailândia (Março): 12.882 animais ajudados diretamente e 26.763 animais ajudados indiretamente
  • Enchentes na Argentina (Abril): 23.159 animais ajudados diretamente
  • Terremoto no Equador (Abril): 21.000 animais ajudados diretamente
  • Enchentes na Índia (Agosto): 11.456 animais ajudados diretamente e 20.000 animais ajudados indiretamente
  • Ciclone Winstone em Fiji (Setembro): 42.000 animais ajudados
  • Furacão Matthew no Haiti (Setembro): 100.000 animais ajudados
  • Tufão Haima nas Filipinas (Outubro): 76.000 animais ajudados
  • Furacão Otto na Costa Rica (Novembro): 70.000 animais ajudados

Prevenção de desastres

México

  • A Proteção Animal Mundial e o Centro de Prevenção a Desastres (CENAPRED) realizaram um exercício sobre Erupções Vulcânicas em agosto. Mais de 100 pessoas participaram, incluindo representantes da Secretaria de Agricultura, da Defesa Civil Federal, da Defesa Civil de Veracruz, da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado de Puebla e também do Serviço de Saúde Animal do Estado de Puebla. Participaram ainda estudantes graduados no curso PrepVet. 

Quênia

  • Conduzimos 2 treinamentos em atendimento a desastres em comunidades, com foco em veterinários recém-graduados. Dentre os participantes, 7 veterinários irão apoiar nosso projeto piloto em Makueni.
  • O objetivo do projeto piloto é melhorar a forma como fazendeiros criam o gado, melhorando a resiliência dos animais, reduzindo mortes e perdas na produção causadas por desastres naturais.

Índia

  • O primeiro-ministro da Índia integrou itens de bem-estar animal ao Plano Nacional de Gerenciamento de Desastres.
  • Em outubro, coordenamos um exercício de simulação com aproximadamente 1.000 moradores de Nabhoi – uma comunidade propensa a inundações no estado de Gujarat – e seus 450 animais (vacas, búfalos e cabras). Eles participaram da simulação junto a stakeholders e apoiadores da VERU West Zone, da Faculdade de Ciência Veterinária & Criação de Animais, do Departamento de Criação de Animais, da Força Nacional de Atendimento a Desastres, do Serviço de Resgate dos Bombeiros e das autoridades em gerenciamento de desastres de Nabhoi. O exercício também contou com 108 ambulâncias.

 

Veja nossas conquistas em outras áreas de trabalho:

  

Compartilhe

WhatsApp