Gato preto não dá azar

Publicado em 13 de setembro de 2019 por

Rosangela Ribeiro

Infelizmente, mitos e superstições ainda rondam os gatos pretos. E nas sextas-feiras 13 ou Dia das Bruxas, esse preconceito vem à tona.

Sexta-feira 13 e Dia das Bruxas pedem cuidado redobrado com os gatos pretos. Meu alerta para os tutores desses animais é: não deixe seu animal ter acesso à rua e evite doar ninhadas ou gatos pretos adultos nesses dias.

O motivo para tanto cuidado é que, infelizmente, os casos de maus-tratos e violência contra gatos pretos aumentam nesses períodos porque ainda há quem acredite em superstições e crenças que surgiram na Idade Média. Naquela época, algumas pessoas achavam que os gatos pretos eram bruxas transformadas em animais e que, por isso, cruzar com eles na rua era um sinal de azar. 

Isso não passa de preconceito. A coloração negra ocorre naturalmente em felinos (assim como em cachorros) e está ligada ao acúmulo da pigmentação melanina. Essa é uma característica genética e não exerce qualquer influência sobre o comportamento do animal. 

Não se esqueça: se você tem um gato preto, tenha cuidado especial com ele nesses dias. Se vai doar um gato preto, siga algumas dicas:

  • Quando alguém ligar para adotar, ofereça gatos com pelagem de outras cores e veja a reação do possível adotante;
  • Se a pessoa insistir na coloração preta, desconfie. Diga que o gato está esterilizado (castrado) ou que possui alguma manchinha branca na pelagem, pois, muitas vezes, os gatos castrados ou que não são inteiramente negros não servem para rituais;
  • Se a adoção for concluída, vá até a casa do adotante e observe tudo cuidadosamente. Faça o adotante assinar um termo de adoção responsável e diga que você faz questão de realizar visitas regulares no período de adaptação, que pode durar até três meses. 
  • A melhor forma de evitar problemas é não doar gatos pretos nas semanas onde há sextas-feiras 13 ou antes do dia 31 de outubro, conhecido como o Dia das Bruxas ou Halloween. 
  • Diante de qualquer dúvida ou desconfiança, não corra riscos. Não doe.

Seja um defensor dos gatos pretos

Oriente as pessoas que ainda mantêm qualquer tipo de superstição a respeito dos gatos pretos. Explique que isso é um preconceito que traz sofrimento a esses animais – muitas vezes abandonados, maltratados e, até mesmo, mortos. 

Vale lembrar que qualquer ato de violência contra um animal é crime, de acordo com a Lei Federal 9605. Se você presenciar atrocidades contra gatos pretos, tente impedir e denuncie o agressor.

Mais artigos de:

Rosangela Ribeiro

Compartilhe

WhatsApp