O papel das empresas

Você sabe se os restaurantes e supermercados que frequenta têm compromissos com o bem-estar dos animais?

E os compromissos das empresas e marcas que você mais compra em relação ao bem-estar dos animais de fazenda?

Estar informado sobre estas questões e entender quais são os compromissos públicos que as empresas manifestam quanto ao bem-estar dos animais de fazenda é um passo importante para um consumo mais consciente.

Para te ajudar, apoiamos um ranking anual, de forma independente e objetiva, que avalia e classifica como as principais empresas do setor de alimentação tratam os animais que comercializam, com base em seus compromissos públicos, objetivos e relatórios de desempenho.Trata-se do BBFAW (Business Benchmark on Farm Animal Welfare), considerado o documento mais confiável e abrangente sobre a atuação do setor corporativo em bem-estar animal.

Em 2019, o ranking avaliou 150 empresas, em 24 países, que foram classificadas entre os níveis 1 a 6 - sendo o nível 1 o melhor, e 6 o pior. Desde 2012, o BBFAW analisa a gestão e o desempenho das maiores empresas alimentícias do mundo em 35 critérios distintos e objetivos, distribuídos nos seguintes pilares:

  • Compromisso de gestão
  • Governança e gestão
  • Liderança e inovação
  • Relatório de performance e impacto

A pontuação atribuída da seguinte forma:

Critérios de pontuação do BBFAW 2019

Das 150 empresas avaliadas, somente 22 têm o bem-estar animal como parte integrante de sua estratégia de negócios em 2019. Dentre estas, apenas duas empresas atuam no Brasil (Nestlé e Danone), o que mostra que bem-estar ainda não é um tema prioritário para as demais empresas.

Confira no gráfico abaixo a pontuação em 2019 das empresas avaliadas que operam no Brasil. A posição das empresas refere-se à pontuação global e não apenas a suas respectivas atuações no país:

Clique aqui para aumentar a imagem

Gráfico de pontuação global das empresas em relação ao bem-estar animal

Importante: No início de 2020, o Grupo Carrefour Brasil assumiu nosso compromisso de melhorar a vida dos porcos. As melhorias serão aplicadas a todos os fornecedores de carne suína in natura (não processada) da marca própria Carrefour, o que representa 74% de toda a carne de porco comercializada em seus açougues. Como o gráfico acima se refere ao ano de 2019, esse compromisso não está refletido na pontuação dessa rede varejista.

 

Produtores

Responsáveis pelo início da cadeia de produção, tudo começa com os produtores, é deles que vem a carne que é comercializada em supermercados e restaurantes. São eles que podem aplicar práticas com altos níveis de bem-estar em suas fazendas e granjas, ao implementar políticas de procedimentos e oferecer treinamento especializado recomendados por organizações de saúde e bem-estar animal, como a Proteção Mundial Animal.

Confira abaixo o quanto as marcas produtoras brasileiras investiram em bem-estar em 2019:

Posição dos produtores brasileiros no BBFAW em 2019

Supermercados

As redes de supermercados comercializam carnes de diversos produtores, podendo exercer influência nos métodos praticados pelas empresas fornecedoras ao criar políticas de compra e venda relacionadas ao bem-estar animal. É na gôndola do mercado que os consumidores usam seu poder de compra e podem optar por produtos com altos níveis de bem-estar, mas isso só é possível se os produtos estiverem disponíveis.

Confira como as redes nacionais de supermercado se posicionam no ranking de bem-estar animal em 2019:

Posição dos supermercados no BBFAW em 2019

No Brasil, o Grupo Carrefour assumiu o compromisso de melhorar a vida dos porcos, aplicando melhorias de bem-estar animal em 74% de toda a carne suína comercializada em seus açougues. Esse compromisso não está contemplado na tabela acima, pois foi firmado em 2020.

Restaurantes

As redes de restaurantes comercializam toneladas de carne anualmente, mas pouco informam sobre a procedência da carne e de quais produtores compram. Essa informação é essencial para que os consumidores façam escolhas conscientes na questão de bem-estar animal. Sua escolha pode melhorar a vida de milhões de animais!

Informe-se sobre quais redes de fast-food praticam políticas relacionadas ao bem-estar animal:

Posição das redes de fast-food no BBFAW em 2019

Qual o papel da Proteção Animal Mundial?

Enquanto organização que trabalha em prol do bem-estar animal, a Proteção Animal Mundial mostra às pessoas que há alternativas sustentáveis que levam em consideração o bem-estar dos animais. Além disso, a organização atua tanto no âmbito político, pressionando o governo a implementar legislação que fomente o bem-estar animal, quanto no corporativo, apresentando boas práticas aos produtores e estimulando a implementação nas empresas.

As campanhas da Proteção Animal Mundial para animais de produção trabalham para que diferentes empresas adotem compromissos públicos que garantam o maior bem-estar para os animais. As ações da organização são focadas em frangos e porcos.

Conheça mais sobre as nossas campanhas: