Pelo fim da indústria de bílis de urso

Trabalhamos no continente asiático para dar fim a crueldades praticadas contra ursos e à desnecessária indústria de bílis de urso. Não vamos parar enquanto não atingirmos o nosso objetivo

A indústria de bílis de urso

Centenas de ursos são capturados na Ásia apenas por causa de sua bílis, que é extraída por meio de procedimentos cruéis e dolorosos para ser vendida como medicamento popular. Estes ursos são confinados em lugares fétidos – geralmente gaiolas um pouco maiores do que uma cabine telefônica. No entanto, trata-se de uma atividade completamente desnecessária, já que várias alternativas sintéticas ou à base de ervas para este produto já estão disponíveis no mercado.

A indústria de bílis de urso causa enorme e injustificável sofrimento a ursos em todo o continente asiático. Mas você pode nos ajudar a dar um basta nisto

Crueldade desnecessária

A bílis de urso é extraída de maneira absurdamente cruel e desumana, em geral por indivíduos sem qualquer formação veterinária e nem mesmo com qualquer tipo de preocupação quanto à proteção destes animais. Alguns ursos são submetidos a tais sofrimentos ao longo de toda a vida, o que pode significar até 20 anos de tortura, a menos que eles sucumbam a infecções e tumores diversos, ou sejam vitimados por automutilações. Acometidos por grande ansiedade, estes ursos gemem e se debatem muito em cativeiro. A maioria acaba quebrando os próprios dentes ao batê-los contra as barras de suas gaiolas. 

Juntos, podemos promover mudanças para evitar a terrível dor e angústia sofridas por estes animais

Bílis de urso: o nosso trabalho

Nosso compromisso é dar fim à exploração de ursos neste tipo de indústria, resguardando-os de uma vida de enormes sofrimentos em cativeiro. O nosso trabalho inclui::

  • Fechar parcerias com governos, organismos internacionais, indivíduos e empresas locais para dar um basta a esta indústria;
  • Aprimorar as condições dos ursos mantidos em cativeiro em paralelo aos nossos esforços pelo fim desta atividade cruel;
  • Aprovar leis e políticas e acompanhar o seu cumprimento, garantindo assim que estes ursos retidos em cativeiro possam, ao menos, dispor de espaço adequado para se mover em ambientes mais salubres até que estejam totalmente protegidos contra qualquer forma de exploração e extração de sua bílis;
  • Conscientizar as pessoas quanto a possíveis alternativas para a bílis de urso, incluindo produtos sintéticos ou feitos à base de ervas, já disponíveis no mercado a preços acessíveis e com resultados eficientes;
  • Trabalhar com entidades locais com o propósito de pressionar seus governos a cumprir o compromisso que firmaram internacionalmente em prol da proteção dos ursos e de outros animais selvagens.
Urso confinado para extração de bílis, Corea do Sul

Compartilhe

Com o seu apoio, podemos evitar que os ursos sejam submetidos a uma vida repleta de torturas e sofrimentos

Saiba mais: veja nosso trabalho pelo fim das rinhas de ursos

Media