Os golfinhos em cativeiro não têm nenhum motivo para sorrir

Uma vida em cativeiro não é vida para esses animais inteligentes e sociais. Pode até parecer que eles estão sorrindo, mas isso é só resultado do formato de seu rosto, não de seu estado emocional.

O Grupo Expedia quer que você acredite que os golfinhos em cativeiro são felizes.

Isso está longe de ser verdade. Os golfinhos em cativeiro são:

  • separados de suas mães ainda muito jovens
  • confinados em tanques 200.000 vezes menores do que o espaço que têm no habitat natural
  • privados de comida para que possam ser treinados

Leia nosso relatório Por trás do sorriso

Uma indústria baseada em mentiras

A indústria multibilionária dos golfinhos em cativeiro quer que você pense que os animais gostam do confinamento. Ela se aproveita de um traço da natureza - a forma do rosto de um golfinho - e de anos de desinformação.

Os golfinhos em cativeiro estão vivendo uma vida miserável em nome do lucro.

Assine agora

Media
Media
Media

Diga ao Grupo Expedia para acabar com essa crueldade

Os delfinários (locais que mantêm golfinhos em cativeiro) e outras atrações só existem porque são negócios lucrativos.

Temos que acabar com isso para que nenhum golfinho tenha de enfrentar uma existência inteira de exploração e sofrimento.

Enquanto muitas empresas de viagem já se juntaram ao nosso movimento, o Grupo Expedia continua vendendo ingressos para essas atrações sádicas e lucrando com essa cruel indústria multimilionária. Entre as empresa de viagens pesquisadas, ele é a única que vende ingressos para 9 das 10 principais atrações com golfinhos no mundo. O grupo também vende viagens e ingressos para 32 parques que lucram com o sofrimento desses animais.

No Brasil, empresas como LATAM Travel e CVC Viagens comercializam pacotes de viagens que incluem visitas a delfinários.

Assine a petição para o Grupo Expedia

Nosso movimento global

Neste momento, há mais de 3.000 golfinhos sofrendo em cativeiro ao redor do mundo.

Queremos que eles sejam a última geração de golfinhos a passar por isso.

Se você acredita em nossa visão, assine a petição para o Grupo Expedia e junte sua voz ao movimento que luta por uma vida melhor para os animais.

Juntos, podemos acabar com essa crueldade.

Veja também